“Zi”, mais um trabalho dos Negură Bunget que vale a pena conferir

Banda: Negură Bunget
Título: Zi
Gênero: Experimental/Folk/Atmospheric Black Metal
Origem: Romênia
Data do lançamento: 30 de setembro de 2016
Gravadora: Lupus Lounge (site)

Eu nunca gostei dos romenos Negură Bunget, mas sempre ouvi os lançamentos deles, somente pelo fato de gravarem com a Lupus Lounge, uma divisão do selo alemão Prophecy Productions, gravadora que tem um cast bem selecionado e normalmente discos que me agradam bastante.

Havia gostado do disco de 2015 “Tău” e mantendo a tradição fui conferir o mais recente trabalho, intitulado “Zi”.

Em termos gerais a musicalidade continua seguindo referências que vão de black metal, pagam metal, algo progressista e até mesmo atmosférico. Mais uma vez os  romenos compuseram um álbum complexo, variado e agradável de se ouvir. Interessante que traz algumas referências da cultura romena, região do planeta que tem poucas bandas de metal conhecidas.

A uma variedade de vocais. Limpos, guturais e gritados. Da mesma forma os instrumentos, flautas, horns (chifres medievais), xilofone, teclados, dulcimer e os instrumentos convencionais. Os músicos conseguem juntar tudo isso em algo apreciável, deixando um pouco de lado as influências ciganas ou circenses do álbum anterior.

Parace que enfim os romenos firmaram o pé em uma sonoridade que realmente me agrada. Os músicos parecem mais entreosados desde o disco anterior, ou talvez mérito do produtor, não saberia dizer. As composições de guitarra, a bateria com quebras no tempo musical, vocais que se encaixam bem as músicas e as passagens mais ambientes deste novo álbum o deixam ainda mais interessante que o anterior. Como sempre as músicas são cantadas na língua natal. Para quem curte ouvir música em outras línguas que não o inglês, é uma boa pedida.

Fugindo um pouco do tradicional pagan metal de vikings, teutônico e etc, “Zi” é um álbum marcante e coloca definitivamente os Negură Bunget no hall de bandas a ficar de olho.

Recomendado para quem curte uma pegada mais atmosférica e progressiva, apesar dos momentos mais agressivos e rápidos, sempre surgem passagens mais lentas com flautas, teclado, guitarras acústicas e algumas narrações.

Infelizmente não encontrei o álbum para se ouvir na íntegra, mas deixo a música disponível no bandcamp. Procurem, vale a pena ouvir com calma.

nb

Facebook
Bandcamp

Um texto de Igor C. Bersan

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s