Amor Bandido

Ano – 2012
Direção – Jeff Nichols
Drama
País de Origem – USA
Duração – 130 minutos
Elenco – Matthew McConaughey, Tye Sheridan, Jacob Lofland, Reese Witherspooo, Sam Shepard, Sarah Paulson e Michael Shannon

Por Igor C. Bersan

Mais um ano começando e confesso que em 2013 não assisti muitos filmes. Um dos motivos foi  a falta de tempo e o segundo é que neste ano que se passou poucos foram os filmes que me chamaram a atenção, um dos piores anos para o cinema.

No ano passado asssiti dois filmes cujas temáticas envolvem basicamente o universo masculino, algo raro de se ver, tirando claro o cinema de ação, que normalmente são de interesse do público masculino. O primeiro filme é Amor Bandido, um drama, o segundo é Don Jon, uma comédia.

Amor Bandido título dado aqui no Brasil. Confesso que não gosto deste título e ele se encaixa no caso clássico de títulos nacionais que não fazem jus a real intenção narrativa do filme. O título original é Mud, que em traduzido literalmente do inglês significa “lama” e lama aqui não é exatamente a terra encharcada, mas sim a “lama” em que nós seres humanos nos atolamos em nossos universos particulares, no lidar com o mundo que nos cerca.

Não é um filme que tenha virtuosismos cinematográficos, não tem planos e enquadramentos complexos, a intenção do diretor é a narrativa, trabalha para que possamos acompanhar a narrativa sem precisar criar artifícios que nos prendam por encantamentos visuais. Não que o filme seja feito de qualquer maneira por isso, jogado as traças, mas o roteiro não exige exatamente todo esse preciosismo, na verdade esse tipo de cinema se adequa melhor quando feito assim, podemos nos identificar melhor com a trama e se aproxima mais da vida real.

A narrativa trata de um garoto chamado Ellis (Tye Sheridan) que vive em uma casa fluvial com seu pai Senior (Ray McKinnon) e sua mãe Mary Lee (Sarah Paulson), o casal vive em um conflito conjugal, a mãe quer ir embora para a cidade e o pai quer continuar vivendo no rio, da caça e afastado da confusão da cidade.

Ellis e seu melhor amigo, apelidado de Neckbone (Jacob Lofland), usam o tempo que lhes sobra para subir o rio e ir até uma ilha, onde encontram um barco que está sobre uma árvore, abandonado pela última enchente. Em uma dessas escapadas encontram um homem misterioso que se apresenta pelo nome de Mud (Matthew McConaughey)  e é a partir daí que a trama se desenvolve.

A primeira questão que surge é a relação travada entre Ellis e Mud, onde o garoto, isolado pelo conflito em casa, vê em Mud a figura paterna que lhe falta, já que seu pai é um homem severo e distante.

Os dois travam uma amizade em que Ellis e Neckbone vão entrando cada vez mais dentro da vida dos habitantes que vivem no rio como na própria história do misteriodo Mud.

Contar sobre o filme seria estragar a jornada dos persongens, principalmente de Ellis. O filme é magistralemente apresentado como uma jornada de aprendizado através da expêriencia e das relações interpessoais. Os personagens se relaçionam muito bem em tela, comove sem ser piegas ao apresentar um garoto que descobre a complexidade das relações adultas como o amor, amizade, velhice e sacrifício, não por palavras, mas pela experiência direta.

Disse ser um filme voltado para o público masculino no início, pois as motivações de quase todos os personagens gira em torno de suas relações com as mulheres com quem se envolvem, acredto que somente homens entenderão em sua totalidade o poder da narrativa, arriscaria dizer que muitas mulheres achariam pessíma a forma como o sexo feminino  é apresentado. Capazes de criar todo o caos no universo masculino.

Interpretações comedidas, mas mesmo assim poderosas de todos os atores, principalemente de McConaughey, Tye Sheridan e Jacob Lofland. Roteiro primoroso, sensível e uma direção adequeada fazem de Amor Bandido, juntamente com “Os Suspeitos”, um dos melhores filmes que assisti em 2013.

Galeria de pôsters.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s